Biblioteca
Português

DIANE ME FAZ CHTARBED

59.0K · Finalizado
Érotique+ TV
32
Capítulos
2.0K
Visualizações
8.0
Notas

Resumo

1- Entenda que as interações sexuais com enteadas podem ser divertidas em histórias e fantasias, mas na vida real é completamente diferente. Ter fantasias é bom, mas realizá-las pode prejudicar sua vida ou a vida de outras pessoas. " DIANE ME FAZ CHTARBED " 2- Ela disse: "Se eu fosse sua namorada, chuparia seu pau sempre que você quisesse" pouco antes de meu pau estar em sua linda boquinha, com seus lábios brilhantes esticados ao redor dele. " O MELHOR AMIGO DA MINHA IRMÃ " [ 1 & 2 ]; eles vão nos fazer sentir bem Por Lolo

adultérioromanceamorfanficCEOdominantebxg

01

*** *** ***

*** *** ***

-PÁGINA: ERÓTICO + TV

-TÍTULO: DIANE ME FAZ CHTARBED

-AUTOR: LOLO

-CAPÍTULO 01:

É Diane. Já vi fotos dela antes. Eu sabia que ela era gostosa, mas vê-la na vida real é diferente. Ela era tão sexy. Cabelos escuros e lisos, olhos castanhos escuros, pele bronzeada clara. Tentei não olhar.

➖EU: Prazer em conhecê-la, Diane.

Nossos olhos se encontraram. Senti uma eletricidade percorrendo minha espinha.

Ela respondeu;

➖Prazer em conhecê-lo também.

Ela tinha uma vibração estranha e tímida, mas de alguma forma havia mais nela. Algo não tão tímido.

➖DIANE: Vou subir para ver meu quarto! Até mais!

➖FRIDA: Ok, ótimo querido.

Diane voou escada abaixo. Olhei em sua direção. Vestuário atlético; leggings apertadas. Seu corpo perfeito com um top curto. Seu cabelo se movendo.

Eu conscientemente tentei manter meu olhar nela brevemente.

Frida perguntou;

➖Está tudo bem?

➖EU: Sim! Grande dia! Ela finalmente se muda. Tenho certeza que ela vai adorar isso aqui.

Abracei Frida e a beijei. Meu rosto deve ter revelado isso. Fiquei assustado com o calor de Diane.

Uma semana depois. Numa quinta-feira à noite, depois do jantar, Frida estava na cama. Ela começaria cedo no dia seguinte. Eu estava no sofá, transmitindo anime na TV. Rangidos nas escadas.

➖ME: Olá Diane, ainda está de pé?

➖DIANE: É, ainda não consigo dormir. O que você está olhando?

➖ME: Apenas um anime aleatório, nada mal.

➖DIANE: Você se importa se eu me juntar a você?

➖ME: Não, de jeito nenhum

Eu não gostei do jeito que ela olhou para mim. Ela sentiu isso. Eu não gostei! Ela é minha nora.

Eu perdi a paciência. Ela estava lá, ao meu lado no sofá. Ela estava vestindo sua camisola de uma peça. Movi-me um pouco para a direita para lhe dar mais espaço. Uma olhada nela. Ela olhou para trás. Leve sorriso no rosto. Eu sorrio de volta. Eu estava tão tenso. haha, isso foi ridículo. Eu teria que me acostumar com isso. Tive que considerá-la como minha filha, para ser pai. Tentei relaxar, afundando no sofá. Depois de alguns minutos, me senti melhor. Diane ajustou sua posição. Meio deitado no sofá. Suas pernas em minha direção. Graças a Deus a camisola dela era longa o suficiente. Terminou logo acima dos joelhos. Pedicures chiques. Meu favorito, não é bom. Eu não pude deixar de ficar animado.

O anime terminou. Era hora de dormir. Diane estava dormindo no sofá.

➖EU: Diane Diane.

Nenhuma resposta.

➖EU: Diana

Sempre nada

Toquei suavemente seu ombro e a balancei um pouco.

➖DIANE: Hmmmm?

Ela abriu os olhos. Braços atrás da cabeça, alongando. Axilas perfeitamente raspadas.

➖DIANE: Ai meu Deus, devo ter adormecido.

Seu olhar sonolento, aqueles grandes olhos negros. Seus lábios carnudos. Foi uma tortura!

➖DIANE: De qualquer forma, é hora de dormir.

Ela se levantou do sofá com um gemido suave e me abraçou e então arrulhou:

➖Boa noite.

Senti seus seios no meu peito. Tão macio. Meus braços em volta da parte inferior de suas costas, eu digo a ele

➖EU: Durma bem

Ela subiu as escadas, esfregando os olhos, e desapareceu em seu quarto. Eu me senti mal. Ela era muito atraente para o meu gosto. E por que ela estava me olhando daquele jeito? Ou está apenas na minha cabeça? Fui para a cama com Frida. “Cadnel, relaxe”, digo para mim mesmo. Vou me acostumar com Diane. Vai passar. É apenas um período de adaptação. Eu cochilo.

Algumas semanas depois. Outra quinta-feira à noite, Frida foi dormir cedo, como sempre. Eu estava assistindo o anime novamente e Diane apareceu.

➖DIANE: Isso te incomoda?

Ela move a cabeça, apontando para o lugar vazio no sofá.

➖ME: Uhh, não, não

Mais uma vez, ela sentou-se um pouco e depois se ajustou para uma posição semi-reclinada com as pernas voltadas para mim. Muito rapidamente, ela ficou em silêncio. Olhei para ela dormindo novamente. Seus olhos estavam fechados. Poucos minutos depois, ela soltou um gemido curto e suave e mexeu os braços e as pernas. Suas pernas estavam mais expostas. A camisola subiu pelas coxas. Eu podia ver cada pedacinho de sua calcinha. Frente branca. Ela continuou se movendo. Seus pés tocavam minhas coxas. Fiquei tenso, mas consegui relaxar depois de alguns momentos. Por que não tenho a sensação de que ela fez isso de propósito?

Não demorou muito, então ela estava se movendo novamente. Olhos fechados, a menor vocalização. Desta vez ela se virou para o sofá. Partes de suas nádegas expostas. Agora eu podia ver que sua calcinha tinha cintura alta. Última moda, claro! Uma boa parte de suas nádegas estava exposta. Eu estava conseguindo lugares na primeira fila para um show que fez meu coração bater mais forte. Minha respiração está elevada. Foi demais! Devo parar com isso? Eu não podia. Eu não queria. Eu estava olhando para a buceta dela. Ela estava coberta pela calcinha. Bem coberto. Eu não conseguia nem ver um dedo de camelo. Mas ei, ainda assim foi um espetáculo! Logo depois, ela estava se movendo novamente, desta vez deslizando para o sofá, deitada. Ela plantou os pés em meus joelhos, os olhos ainda fechados. Um de seus calcanhares estava tocando meu pau.

CONTINUA...