Biblioteca
Português

COCHELO HERANÇA DE SANGUE

116.0K · Finalizado
Romislaine Corrêa
107
Capítulos
799
Visualizações
9.0
Notas

Resumo

Juan Cochelo sempre teve sua vida marcada por treinamentos para ser o novo capo da máfia Mexicana, dor, traição, perca, sofrimento, isso é o que acontece em sua vida até que ele se apaixona perdidamente por uma linda e bela menina, Nina Macnamara que tinha um único sonho, ser médica e ajudar crianças com câncer a se curar,assim como um dia foi curada,mas se depara com o amor em uma forma única, bonita e dolorosa ,mais os dois não estão no momento certo para o amor. Anos mais tarde os dois se reencontram em uma situação crítica uma doença grave os assolam, será que mesmo após a dor do passado o amor continuará vivo.

mafiadramaamor verdadeirobxgromancemenina boa

CAPÍTULO 1

Juan — PORRA Stallone.....

Stallone — Vai chorar bebezinho....

Juan — Na cara não filho da puta...

Eu sou Juan Cochelo,tenho 18 anos e moro em Cancún no México,desde pequeno fui educado e instruído a ser o novo rei do crime do México,uma herança herdada pelos meus antepassados e que em breve será minha.

Minha vida toda foi treinamentos e mais treinamentos,nunca pude ser um jovem comum, que vai a festas, que tenha amigos,meu futuro é ser o novo capo da máfia Mexicana,LOS COCHELOS assim como somos conhecidos.

Tenho dois irmãos que também irão assumir seus postos quando chegar a hora e uma irmã mais nova que é o raio de sol nessa merda toda.

Stallone — A bonequinha está preocupada com a carinha....

PARDO — Isso é um treinamento Juan... Você acha que seus inimigos vão fazer carinho...

Juan — Eu sei... Mas Porra...

Sebastian — Chega por hoje...

Stallone— Desamarra eles Pardo...

Assim que eles me soltam meu pai começa....

Sebastian — Precisa ter foco Juan ser um capo não é brincadeira, você não pode demonstrar fraqueza e nem dor, seu inimigo fareja e gosta da sua dor..

Juan — Tá bom... Já sei...

Sebastian — Dante você também ser um sub chefe tem suas obrigações...

Dante — Sim senhor...

Saímos do galpão de treinamento.

Dante — PORRA JUAN,Sua cara tá cheia de hematomas....

Juan — Merda...

Olho no espelho do carro do Dante e vejo o estrago que o Stallone e os idiotas fizeram...

Juan — Você também...

Dante — Merda cara...Semana que vem começa as aulas e nós dois estaremos todos roxos...

Juan — Isso é uma merda...Vou para casa os treinos de hoje acabou comigo.

Dante — Eu também vamos sair no sábado, domingo temos que arrumar nossas coisas no apê novo.

Juan — Pode ser...

Dante — Vamos pra boate nova que seu pai está abrindo...

Juan — Beleza.

E assim ele sai e eu subo em minha moto Kawasaki Z100 e vou para casa.

Anahí — Oi meu filho como foi...

Assim que chego em casa sou recebido pela minha mãe.

Juan — Foi...

Anahí — Vai tomar banho, que vou levar a caixinha de primeiros socorros e um gelo...

Subo pra o meu quarto e entro no chuveiro,os machucados doem e meu corpo todo doi,me sento embaixo do chuveiro e deixo a água lavar todo o sangue e a dor no meu corpo, saio do banheiro e visto uma roupa,e ouço a porta abrindo e vejo que é minha mãe.

Anahí — Aqui,vem aqui e me deixa te ajudar...

Juan — Semana que vem na faculdade eu vou parecer um idiota...

Anahí — Infelizmente filho, mas você sabe que é assim...

Juan — Eu sei mãe,mas é sacanagem meu pai sabe que não quero que ninguém na faculdade saiba quem sou, ou o que minha família faz.

Anahí — Eu sei meu filho mas o que posso fazer, você tem que ser forte e não reclamar seus inimigos podem te pegar por qualquer fraqueza sua.

Juan — Ok mãe...

Ela me ajuda com os remédios e sai me dando mais privacidade o bom é que vou ficar um tempo sem treinamentos pesados ou punições, me deito na minha cama para descansar,mas sou acordado com o meu telefone tocando.

Yolanda — Oi amor...

Juan — Oi Yolanda...

Yolanda — Como foi o treinamento hoje.

Juan — Pesado.

Yolanda — Quer que eu vou aí te ajudar...

Juan— Não...Minha mãe já me ajudou..

Yolanda — Eu vou aí pra te fazer companhia então..

Juan — Não precisa Yolanda, eu vou dormir aliás, eu estava dormindo..

Yolanda — Ok...Me desculpa te atrapalhar...

Ela fala com sua voz melosa e chorona.

Juan — Desculpa Yo, mas eu estava dormindo...

Yolanda— Tudo bem...Eu é que tenho que aprender a não te ligar em dia de treinamento,bjos

Ela desliga na minha cara.

Juan — Mas que porra....

Deito novamente e fico quieto logo meu sono volta com força.

Me levanto no outro dia parecendo que um trem passou por cima de mim.

Juan — Arrgh..

Vou até o banheiro e faço minha higiene pessoal e desço para tomar café.

Yasmin — Tutu...

Juan — Oi princesa

Assim que desço as escadas sou surpreendido por um furacão em forma de gente que pula em mim.

Juan — Aiai....

Yasmin — Tá doendo....

Juan — Não baixinha, eu só não esperava que você chegasse que nem um furacão...

Martín — Tá ficando velho Juan...

Juan — Hahaha novinho,assim que eu for embora os treinamentos vão começar com vocês e espero que estejam preparados.

Os gêmeos do barulho me olham assustados, é inevitável meu pai vai colocar eles para aprenderem seus ofícios e isso é uma coisa que não tem como não ser feito.

Anahí — Bom dia meu filho. Venha se sentar

Juan — Bom dia a todos...

Anahí — É sério Sebastian....

Sebastian — O que foi Anahí...

Anahí — Olha a cara desse menino.

Sebastian — Não me olha assim, eles estavam treinando e não teriam ficado assim se não fossem fracos.

Anahí — Ele vai para a faculdade várias pessoas vão ver ele e vão pensar que meu filho é um arruaceiro qualquer que briga em bares e botecos.

Sebastian — Treinamento Anahí e não amola,se ele não tivesse dado mole não tinha sido pego.

Eu odeio quando eles brigam e me colocam no meio

Juan — Bom já vou ..

Anahí — Onde você vai.

Juan — Na casa do Dante temos que organizar a mudança,já que vou ter que ir para Cidade do México.

Sebastian — Já conversamos sobre isso Juan e você sabe o que tem que fazer.

Juan — Eu sei,estou mudando meu sonho de estudar em Meridia, para ficar de olho em uma pirralha riquinha, eu não sou guarda costas e nem segurança a família dela se vira...

Meu pai tem um rompante e bate com as mãos na mesa fazendo todos nós se assustar.

Sebastian — JÁ CHEGA.

Anahí — Sebastian....

Sebastian— Cale Anahí, não vou tolerar mais isso você vai e pronto, sua obrigação será essa e não me perturbe se não mando outro no seu lugar e você fica sem faculdade.

Assim que meu pai fala ele sai

Anahí — Não discuta mais com ele Juan,seu pai está certo.

Juan — Certo, vou ter que viver minha vida tendo que ser babá de uma pirralha por quê, vocês nunca me falam é minha vida e estou perdendo o resto de liberdade que tenho.

Anahí — Já discutimos isso várias vezes, não posso te dizer mas...

Nem espero ela terminar e saio...

Anahí — Juan..

Blá blá blá,sempre isso, aí por que ela é importante, blá blá blá por que sim Juan, blá blá blá droga, era para ser os três anos da minha vida de liberdade antes de ser o novo capo.

Pego minha moto e vou para casa do

Dante..